Pular para o conteúdo principal

Atlético-PR bate Flamengo e decide título contra o Fluminense

O Atlético-PR venceu por 1 a 0 o Flamengo, nesta quarta-feira, em Juiz de Fora, e conquistou a vaga para a final da Primeira Liga. Os paranaenses vão disputar o título da competição contra o Fluminense, que passou pelo Internacional nos pênaltis. Após um primeiro tempo com o domínio do Flamengo, o Atlético-PR melhorou na etapa final e chegou ao gol da vitória com Marcos Guilherme. O meia acertou belo chute no ângulo, sem chance para Paulo Victor. 

 O jogo 
– Empurrado pela torcida, o Flamengo começou melhor a partida em Juiz de Fora. No entanto, os cariocas, após algumas finalizações sem perigo, conseguiram criar sua primeira boa chance aos 14 minutos. Gabriel tocou para William Arão no bico da área. O volante acertou chute cruzado que quase foi no esquerdo de Weverton. O lance animou os flamenguistas, que quase abriram o placar quatro minutos depois em cabeceio de Juan. O Atlético-PR pouco chegava ao ataque e só deu sua primeira boa finalização aos 28 minutos, com Otávio. No entanto, a bola passou sobre o travessão de Paulo Victor. Após um período de equilíbrio, o Flamengo teve nova oportunidade aos 38. Após cruzamento de Jorge, Felipe Vizeu cabeceou com força para grande defesa de Weverton. 

 Nos minutos finais, o duelo voltou a ficar concentrado entre as intermediárias. O Flamengo tinha mais posse de bola, mas passou a ter dificuldade com a marcação do Atlético-PR. Com isso, a partida foi para o intervalo com o placar inalterado em Juiz de Fora. Assim como na etapa inicial, os cariocas começaram o segundo tempo com o domínio da posse de bola.

 No entanto, foi o Atlético-PR que criou as melhores chances nos primeiros minutos. Aos sete minutos, Nikão cobrou falta e a bola passou raspando a trave. No lance seguinte, após escanteio, Paulo André cabeceou para grande defesa de Paulo Victor. Os lances animaram os paranaenses, que tiveram um breve momento de domínio. Só que aos 12 minutos, em contra-ataque, o Flamengo quase marcou. Emerson Sheik foi lançado na área, passou pelo goleiro Weverton, mas perdeu ângulo e tentou o cruzamento. Thiago Heleno estava atento para salvar o Atlético-PR. 

 Depois disso, o confronto ficou aberto, o que foi melhor para o Atlético-PR. Aos 15 minutos, Walter arriscou de fora da área e parou em grande defesa de Paulo Victor. No entanto, no minuto seguinte, Marcos Guilherme acertou o ângulo e abriu o placar para os paranaenses. O revés foi sentido pelos cariocas, que viram o Atlético-PR quase marcar o segundo aos 20 minutos, após cabeceio de Paulo André. 

O Flamengo só conseguiu criar boa chance de empatar aos 26 minutos. Marcelo Cirino fez grande jogada individual, passou por dois marcadores, mas chutou por cima do travessão. Com espaço para avançar, o Atlético-PR passou a chegar com mais facilidade próximo ao gol flamenguista. Tanto que os 30 minutos, Marcos Guilherme arrancou até a entrada da área, quando tocou para Pablo. De frente para Paulo Victor, o atacante finalizou em cima do goleiro, que salvou os cariocas.Gazeta Press

Postagens mais visitadas deste blog

O futebol e a salsicha

Dia destes numa fila qualquer ouví um dizer: "Perdí as esperanças no futebol depois da final da Copa da França em 1998. 
 Logo pensei : 

" Se Imaginássemos como são feitos o futebol e a salsicha jamais consumiriamos essas "guloseimas"

Seleção masculina de hóquei sobre grama sofre segunda derrota

07/08/2016 22:05 A seleção brasileira masculina de hóquei sobre grama disputou o seu segundo compromisso no torneio dos Jogos Olímpicos Rio 2016 neste domingo, 8 de agosto, no Centro Olímpico de Hóquei, no Complexo de Deodoro. Ao enfrentar a forte Bélgica, a seleção brasileira foi derrotada pelo placar de 12 a 0. O Brasil passou a somar duas derrotas em duas partidas, já que perdeu na estreia para a Espanha por 5 a 0. Na próxima rodada, terça-feira, 9 de agosto, os brasileiros voltam a campo para encarar a Grã-Bretanha. Encarando um time muito competitivo, os atletas brasileiros conseguiram manter o jogo equilibrado até o fim do primeiro quarto – de um total de quatro quartos, de 15 minutos cada –, quando a Bélgica marcou seus dois primeiros gols. A partir daí, a equipe brasileira sucumbiu à superioridade belga, ameaçando o gol adversário apenas em lances esporádicos. Com o domínio absoluto da partida, a Bélgica foi ampliando até chegar ao placar final de 12 a 0. "Pela primeira vez …

Marcos Danilo Padilha - "Profissão - Goleiro"

Sempre publico nesse espaço matérias sobre a carreira do goleiro Danilo da Chapecoense , que considero o melhor goleiro do futebol brasileiro , formado e revelado pelo Cianorte FC time de sua cidade natal , tem como ponto alto um caráter diferenciado herdado dos pais , meus amigos Nilson e Ilaídes(foto). O  filho Danilo , também é filho de Cianorte e tem um respeito enorme do torcedor paranaense , tanto  é que enquanto atuou no Londrina E.C  recebeu o apelido de PAREDÃO  do torcedor londrinense devido as atuações brilhantes na meta do LEC .

Atuou também pelo Cianorte FC , Nacional de Rolândia , Engenheiro Beltrão e Operário Ferroviário de Ponta Grossa atual campeão Paranaense de Futebol. ( clubes do interior do Paraná)

Marcos Danilo Padilha Nascimento: 31 de julho de 1985 (29 anos), Cianorte, Paraná Altura: 1,85 m Peso: 80 kg Início de carreira: 2004 Time atualAssociação Chapecoense de Futebol (#1 / Goleiro)