Pular para o conteúdo principal

Rio 2016 divulga primeiros nomes de atletas que vão levar a tocha olímpica

rio2016_banner



Vinícius Lisboa – Repórter da Agência Brasil 


Alguns nomes de atletas, ex-atletas e personalidades que vão levar a tocha olímpica e o percurso que ela fará pelo país foram divulgados hoje (24) pelo Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016 e patrocinadores do evento. No total, a tocha vai passar por 329 cidades, que podem ser consultadas por região e estado, no site do comitê. Entre os atletas que participarão do revezamento estão a tenista Maria Esther Bueno, o nadador Gustavo Borges, a velejadora Isabel Swan, o nadador Clodoaldo Silva, a ginasta Laís Souza, a jogadora de vôlei Fabiana e a de vôlei de praia Adriana Behar. O atleta da paracanoagem Caio Ribeiro, o ultramaratonista Weimar Pettengill e o arqueiro indígena Gustavo Santos também vão participar. 

 Os nomes foram escolhidos pelos patrocinadores Bradesco, Coca-Cola e Nissan, que também incluíram pessoas envolvidas em projetos sociais e artistas, como o cantor Di Ferrero. De acordo com o Comitê Rio 2016, a judoca Erika Miranda foi escolhida para representar todas as mulheres atletas do país. A ex-ginasta Laís Souza disse que está ansiosa para participar do revezamento e lembrou que, em suas participações em olimpíadas anteriores, nunca pode comparecer à abertura: “Nossa competição era sempre no segundo dia e a gente ficava descansando no hotel. Agora, vários sonhos vão vir à tona, e várias coisas vão passar na minha cabeça”, disse a atleta, que conta com a presença do público. “Espero movimentar o máximo de pessoas possível. Estou bastante ansiosa”. Tenista número um do mundo em 1959, Maria Esther Bueno também comemorou o convite, principalmente porque, em sua época de atleta, o tênis não era um esporte olímpico. 

“Vai ser uma olimpíada única e fantástica. Acho que é a chance de os brasileiros verem de perto os melhores atletas do mundo.” No percurso de Brasília até o Rio de Janeiro, a tocha vai passar pelas cinco regiões do país, por paisagens famosas como a Chapada Diamantina, os Lençóis Maranhenses e o arquipélago Fernando de Noronha. O revezamento começa no dia 3 de maio e termina na abertura dos jogos, em 5 de agosto, no Maracanã. A tocha será acesa em Atenas, na Grécia, em 21 de abril. No Brasil, serão percorridos 20 mil quilômetros por rodovias e 10 mil pelo ar. A Força Nacional vai acompanhar o percurso. 

  Edição: Denise Griesinger
Resultado de imagem para ebc agencia brasil

Postagens mais visitadas deste blog

O futebol e a salsicha

Dia destes numa fila qualquer ouví um dizer: "Perdí as esperanças no futebol depois da final da Copa da França em 1998. 
 Logo pensei : 

" Se Imaginássemos como são feitos o futebol e a salsicha jamais consumiriamos essas "guloseimas"

Seleção masculina de hóquei sobre grama sofre segunda derrota

07/08/2016 22:05 A seleção brasileira masculina de hóquei sobre grama disputou o seu segundo compromisso no torneio dos Jogos Olímpicos Rio 2016 neste domingo, 8 de agosto, no Centro Olímpico de Hóquei, no Complexo de Deodoro. Ao enfrentar a forte Bélgica, a seleção brasileira foi derrotada pelo placar de 12 a 0. O Brasil passou a somar duas derrotas em duas partidas, já que perdeu na estreia para a Espanha por 5 a 0. Na próxima rodada, terça-feira, 9 de agosto, os brasileiros voltam a campo para encarar a Grã-Bretanha. Encarando um time muito competitivo, os atletas brasileiros conseguiram manter o jogo equilibrado até o fim do primeiro quarto – de um total de quatro quartos, de 15 minutos cada –, quando a Bélgica marcou seus dois primeiros gols. A partir daí, a equipe brasileira sucumbiu à superioridade belga, ameaçando o gol adversário apenas em lances esporádicos. Com o domínio absoluto da partida, a Bélgica foi ampliando até chegar ao placar final de 12 a 0. "Pela primeira vez …

Marcos Danilo Padilha - "Profissão - Goleiro"

Sempre publico nesse espaço matérias sobre a carreira do goleiro Danilo da Chapecoense , que considero o melhor goleiro do futebol brasileiro , formado e revelado pelo Cianorte FC time de sua cidade natal , tem como ponto alto um caráter diferenciado herdado dos pais , meus amigos Nilson e Ilaídes(foto). O  filho Danilo , também é filho de Cianorte e tem um respeito enorme do torcedor paranaense , tanto  é que enquanto atuou no Londrina E.C  recebeu o apelido de PAREDÃO  do torcedor londrinense devido as atuações brilhantes na meta do LEC .

Atuou também pelo Cianorte FC , Nacional de Rolândia , Engenheiro Beltrão e Operário Ferroviário de Ponta Grossa atual campeão Paranaense de Futebol. ( clubes do interior do Paraná)

Marcos Danilo Padilha Nascimento: 31 de julho de 1985 (29 anos), Cianorte, Paraná Altura: 1,85 m Peso: 80 kg Início de carreira: 2004 Time atualAssociação Chapecoense de Futebol (#1 / Goleiro)