Pular para o conteúdo principal

Paraná não marca, mas segue líder


O Paraná Clube sofreu seu primeiro revés, mas segue líder do Campeonato Paranaense 2016. Prejudicado pelo irregular gramado do estádio Vitorino Gonçalves Dias, o Tricolor não conseguiu repetir a eficiência ofensiva de jornadas anteriores e perdeu por 1x0 para o Londrina. 

O técnico Claudinei Oliveira considerou o resultado injusto diante das muitas oportunidades de gols desperdiçadas pelo ataque. “Tivemos as melhores chances. Mas, futebol é assim. Não foi a nossa pior partida, muito pelo contrário, mas desta vez perdemos”, disse o treinador. 

 O Londrina iniciou a partida tentando pressionar, mas a zaga tricolor conseguiu conter as principais investidas. Não demorou para o Paraná chegar com condições de abrir o placar. Jean fez grande jogada, deu chapéu no adversário e tocou sobre o goleiro Marcelo Rangel. Sílvio salvou sobre a risca. Foi também de Jean a outra chance. Num chute de fora da área, aos 30 minutos, rente à trave direita. A sorte, porém, mudou no último lance do primeiro tempo. 

Num cruzamento da esquerda, a bola desviou e sobrou para Wellisson tocar para a rede. Na fase final, o Paraná perdeu o artilheiro Lúcio Flávio logo aos 4 minutos. Ele sentiu uma fisgada na parte posterior da coxa direita. Mesmo assim, o Tricolor martelou, mas não conseguiu furar a defesa londrinense. Toni tentou de cabeça, Nadson bateu de fora da área, mas a melhor oportunidade veio no final. Aos 42 minutos, Robson recebeu de Lucas Pará e chutou no ângulo, mas o goleiro Marcelo Rangel espalmou. O Paraná, agora, encara o Atlético, no próximo domingo, às 19h30, no Durival Britto.

Departamento de Comunicação - PRC

Postagens mais visitadas deste blog

Brasileirão Série A - Confira os jogos de hoje e amanhã

Brasileirão Série A - Confira os jogos em andamento

Herói da Inter, Éder Paulista poderia ter sido herói no Cianorte FC

Eder Paulista , atacante com passagem pelo Cianorte FC , onde pouco fez por não ter a oportunidade merecida , oportunidade que teve na Inter de Limeira quando no dia 14 de maio , a emoção tomou conta dos mais de 8 mil presentes no Limeirão assim que o árbitro Thiago Duarte Peixoto apitou o fim da vitória da Inter de Limeira por 2 a 1 sobre o Monte Azul. 

O tão sonhado acesso à Série A2 estava consumado. Graças a alguém que por muito pouco não esteve ali. Herói do Leão com os dois gols da virada no jogo decisivo, o atacante Éder Paulista teve a participação ameaçada na competição ao sofrer uma grave lesão logo no início da campanha. 

Por tudo o que passou, era um dos mais eufóricos, a ponto de até esquecer como foram seus gols. - Só Deus sabe o que eu passei. Os médicos falavam que eu só voltaria depois de três meses. Mas eu falei que iria me recuperar rapidamente e decidir para a equipe. 

A emoção está muito grande, não sei nem dizer como foram os gols.