Pular para o conteúdo principal

CR7 perde pênalti e Real apenas empata com o Málaga


Real Madrid se afastou ainda mais do líder Barcelona. Jogando como visitante contra o Málaga, a equipe da capital empatou por 1 x 1, com direito a pênalti perdido por Cristiano Ronaldo.

Na primeira etapa, mesmo fora de casa, o Real Madrid foi quem abriu o placar. Aos 33 minutos da primeira etapa, Kroos cobrou uma falta da intermediária, pela direita e encontrou Cristiano Ronaldo na área. O português cabeceou para o fundo das redes do Málaga.

Todavia, três minutos depois, o mesmo Cristiano Ronaldo teve a chance de ampliar com um pênalti que ele mesmo sofreu do zagueiro brasileiro Welington, capitão do Málaga. Mas, na cobrança, o português bateu rasteiro no seu canto direito e viu o goleiro camaronês Kameni fazer grande defesa.

O castigo veio aos 21 minutos da segunda etapa. o zagueiro Welington cruzou da esquerda e encontrou Albentosa entrando sozinho. O jogador só teve o trabalho de estufar as redes do goleiro Navas.

Com o empate, o Real Madrid chega aos 54 pontos, mesma pontuação do Atlético de Madri, que ainda joga na rodada. Além disso, o Real fica a nove pontos do líder Barcelona.


Fonte: Redação PLACAR

Postagens mais visitadas deste blog

Brasileirão Série A - Confira os jogos de hoje e amanhã

Brasileirão Série A - Confira os jogos em andamento

Herói da Inter, Éder Paulista poderia ter sido herói no Cianorte FC

Eder Paulista , atacante com passagem pelo Cianorte FC , onde pouco fez por não ter a oportunidade merecida , oportunidade que teve na Inter de Limeira quando no dia 14 de maio , a emoção tomou conta dos mais de 8 mil presentes no Limeirão assim que o árbitro Thiago Duarte Peixoto apitou o fim da vitória da Inter de Limeira por 2 a 1 sobre o Monte Azul. 

O tão sonhado acesso à Série A2 estava consumado. Graças a alguém que por muito pouco não esteve ali. Herói do Leão com os dois gols da virada no jogo decisivo, o atacante Éder Paulista teve a participação ameaçada na competição ao sofrer uma grave lesão logo no início da campanha. 

Por tudo o que passou, era um dos mais eufóricos, a ponto de até esquecer como foram seus gols. - Só Deus sabe o que eu passei. Os médicos falavam que eu só voltaria depois de três meses. Mas eu falei que iria me recuperar rapidamente e decidir para a equipe. 

A emoção está muito grande, não sei nem dizer como foram os gols.