Pular para o conteúdo principal

Bombou no meu facebook!


RUBENS BARRICHELLO TEM MEU RESPEITO. 
Ele já foi 2 vezes o 2º melhor piloto do mundo 
Ele já foi 2 vezes o 3º melhor piloto do mundo 
Ele já foi 2 vezes o 4º melhor piloto do mundo 

A diferença de tempo média dele para o Schumacher em 2012, por exemplo, foi de 4,525 segundos em cada corrida. Isso é 0,075 segundos por volta. Se vc acha muito, saiba que quando você pisca, o seu olho fica de 4 a 5 vezes mais tempo que isso fechado (0,3 a 0,4s), e nesse tempo vc não consegue perceber sequer que a sua vista escureceu.... imagine acompanhar o que os pilotos de Fórmula 1 estão fazendo... 

Conseguiu isso espremido dentro de um carro extremamente desconfortável, que vai de 0-100 em menos de 2s, e em corridas onde chega-se a fazer mais de 2.000 trocas de marcha, e o piloto tem menos de 3 segundos entre cada troca. 

Em um carro que a 200km por hora precisa de apenas 2s para frear completamente. É fácil fazer piadas dele, quando você está atrás do computador "se achando", ou vc é um humorista atrás das câmeras querendo fama, fazendo piada do que muitos brasileiros acreditam ser uma chacota. 
E aí eu te pergunto... Qual foi a última vez que você foi um dos melhores do mundo em alguma coisa? Ou um dos melhores do seu país, estado, cidade... do bairro, quem sabe? talvez da vizinhança? 
Resultado de imagem para facebook

Postagens mais visitadas deste blog

Brasileirão Série A - Confira os jogos de hoje e amanhã

Brasileirão Série A - Confira os jogos em andamento

Herói da Inter, Éder Paulista poderia ter sido herói no Cianorte FC

Eder Paulista , atacante com passagem pelo Cianorte FC , onde pouco fez por não ter a oportunidade merecida , oportunidade que teve na Inter de Limeira quando no dia 14 de maio , a emoção tomou conta dos mais de 8 mil presentes no Limeirão assim que o árbitro Thiago Duarte Peixoto apitou o fim da vitória da Inter de Limeira por 2 a 1 sobre o Monte Azul. 

O tão sonhado acesso à Série A2 estava consumado. Graças a alguém que por muito pouco não esteve ali. Herói do Leão com os dois gols da virada no jogo decisivo, o atacante Éder Paulista teve a participação ameaçada na competição ao sofrer uma grave lesão logo no início da campanha. 

Por tudo o que passou, era um dos mais eufóricos, a ponto de até esquecer como foram seus gols. - Só Deus sabe o que eu passei. Os médicos falavam que eu só voltaria depois de três meses. Mas eu falei que iria me recuperar rapidamente e decidir para a equipe. 

A emoção está muito grande, não sei nem dizer como foram os gols.