Pular para o conteúdo principal

R7 : Incansável! Aos 41 anos, Paulo Baier assina contrato para atuar na segunda divisão do Campeonato Gaúcho

O São Luiz de Ijuí, do Rio Grande do Sul, anunciou na manhã de terça-feira a contratação do meia Paulo Baier, de 41 anos. O presidente do clube, Sadi Pereira, comunicou, em entrevista coletiva no Estádio 19 de Outubro, que o jogador só chega ao time por conta de uma parceria com investidores. 

"O clube estipulou um teto salarial, e disso não podemos fugir seja pra quem for. Então o clube vai contar com a ajuda de empresas e apoiadores para trazer e manter o atleta", comentou o presidente do clube da segunda divisão do futebol gaúcho. A apresentação oficial do meia deve acontecer na próxima sexta-feira, às 20 horas, em evento aberto para os torcedores. 

"Conversamos bastante, o Paulo está disposto a ajudar o São Luiz. A negociação foi demorada, pois queremos fazer um negócio bom para os dois lados e ele sabe disso", acrescentou o presidente. Paulo Baier iniciou sua carreira justamente no São Luiz, na sua cidade natal, em 1995. Hoje o jogador é o segundo maior artilheiro do Brasileirão disputado em pontos corridos, com 106 gols, atrás somente de Fred.
Resultado de imagem para r7 logo png

Postagens mais visitadas deste blog

Brasileirão Série A - Confira os jogos de hoje e amanhã

Brasileirão Série A - Confira os jogos em andamento

Herói da Inter, Éder Paulista poderia ter sido herói no Cianorte FC

Eder Paulista , atacante com passagem pelo Cianorte FC , onde pouco fez por não ter a oportunidade merecida , oportunidade que teve na Inter de Limeira quando no dia 14 de maio , a emoção tomou conta dos mais de 8 mil presentes no Limeirão assim que o árbitro Thiago Duarte Peixoto apitou o fim da vitória da Inter de Limeira por 2 a 1 sobre o Monte Azul. 

O tão sonhado acesso à Série A2 estava consumado. Graças a alguém que por muito pouco não esteve ali. Herói do Leão com os dois gols da virada no jogo decisivo, o atacante Éder Paulista teve a participação ameaçada na competição ao sofrer uma grave lesão logo no início da campanha. 

Por tudo o que passou, era um dos mais eufóricos, a ponto de até esquecer como foram seus gols. - Só Deus sabe o que eu passei. Os médicos falavam que eu só voltaria depois de três meses. Mas eu falei que iria me recuperar rapidamente e decidir para a equipe. 

A emoção está muito grande, não sei nem dizer como foram os gols.