Pular para o conteúdo principal

“De 10 a 0 para cima”: maiores goleadas da história da Copa São Paulo

No último sábado, o Coritiba massacrou a equipe da União Barbarense (SP) por 10 a 0 na estreia da Copa São Paulo de Futebol Júnior. A vitória entrou na lista das maiores goleadas da história da competição. O fato alcançado traz uma preocupação para os paranaenses: nenhuma das 10 equipes que fizeram as maiores goleadas da história da Copa SP foram campeãs no respectivo ano.
Resultado de imagem para ebc logo
De acordo com levantamento feito pelo Portal EBC com base em dados da Federação Paulista de Futebol e RSSSF Brasil, as 11 maiores goleadas da história do torneio aconteceram depois de 2000. Para Cláudio Carsughi, comentarista da Rádio Nacional, o atual formato inchado da Copa SP, com 112 equipes, afeta a qualidade da competição. “Dificilmente se tem mais de 100 equipes com um bom nível técnico, muitas dessas pertencem a empresários e são formada de última hora”, afirmou. 
A maior goleada da história da competição aconteceu em 2010. Na ocasião, o Santo André não tomou conhecimento do Santana (AP) e ganhou por 14 a 0. 2008 foi o ano das grandes goleadas, com três placares na lista. Os também amapaenses do Ypiranga acabaram fazendo feio por duas vezes no mesmo ano. O time perdeu por 12 a 0 do Nacional (AM) e por 11 a 1 do Flamengo (RJ). Um fato interessante é que no mesmo ano, outro Ypiranga, só que de Pernambuco, foi goleado pelo Grêmio-RS por 12 a 1.

Postagens mais visitadas deste blog

Brasileirão Série A - Confira os jogos de hoje e amanhã

Marcos Danilo Padilha - "Profissão - Goleiro"

Sempre publico nesse espaço matérias sobre a carreira do goleiro Danilo da Chapecoense , que considero o melhor goleiro do futebol brasileiro , formado e revelado pelo Cianorte FC time de sua cidade natal , tem como ponto alto um caráter diferenciado herdado dos pais , meus amigos Nilson e Ilaídes(foto). O  filho Danilo , também é filho de Cianorte e tem um respeito enorme do torcedor paranaense , tanto  é que enquanto atuou no Londrina E.C  recebeu o apelido de PAREDÃO  do torcedor londrinense devido as atuações brilhantes na meta do LEC .

Atuou também pelo Cianorte FC , Nacional de Rolândia , Engenheiro Beltrão e Operário Ferroviário de Ponta Grossa atual campeão Paranaense de Futebol. ( clubes do interior do Paraná)

Marcos Danilo Padilha Nascimento: 31 de julho de 1985 (29 anos), Cianorte, Paraná Altura: 1,85 m Peso: 80 kg Início de carreira: 2004 Time atualAssociação Chapecoense de Futebol (#1 / Goleiro)

Herói da Inter, Éder Paulista poderia ter sido herói no Cianorte FC

Eder Paulista , atacante com passagem pelo Cianorte FC , onde pouco fez por não ter a oportunidade merecida , oportunidade que teve na Inter de Limeira quando no dia 14 de maio , a emoção tomou conta dos mais de 8 mil presentes no Limeirão assim que o árbitro Thiago Duarte Peixoto apitou o fim da vitória da Inter de Limeira por 2 a 1 sobre o Monte Azul. 

O tão sonhado acesso à Série A2 estava consumado. Graças a alguém que por muito pouco não esteve ali. Herói do Leão com os dois gols da virada no jogo decisivo, o atacante Éder Paulista teve a participação ameaçada na competição ao sofrer uma grave lesão logo no início da campanha. 

Por tudo o que passou, era um dos mais eufóricos, a ponto de até esquecer como foram seus gols. - Só Deus sabe o que eu passei. Os médicos falavam que eu só voltaria depois de três meses. Mas eu falei que iria me recuperar rapidamente e decidir para a equipe. 

A emoção está muito grande, não sei nem dizer como foram os gols.