Pular para o conteúdo principal

Corinthians amplia oferta para contratar meia do San Lorenzo

O Corinthians ficou mais próximo de sacramentar a contratação do meia-atacante Sebastián Blanco, que tem 27 anos e defende o San Lorenzo. O presidente Roberto de Andrade acatou o desejo do clube argentino, que não queria negociar apenas 50% dos direitos econômicos do jogador, e ofereceu uma quantia maior para ficar com 100%. 


 A expectativa é de que o San Lorenzo dê uma resposta positiva nos próximos dias. Blanco já sinalizou para o clube que pretende se transferir para o Corinthians. Revelado pelo Lanús, Blanco passou por Metalist, da Ucrânia, e West Bromwich, da Inglaterra, antes de ser repatriado pelo San Lorenzo. O clube havia investido € 2 milhões para comprá-lo em 2015 e pretendia receber mais do que esse valor do Corinthians. Se a negociação for fechada, Blanco chegará ao clube do Parque São Jorge com a missão de repor as baixas de Renato Augusto e Jadson, os dois melhores jogadores do último Campeonato Brasileiro. 


Guilherme veio com a mesma incumbência. Blanco chamou a atenção da comissão técnica de Tite na Copa Libertadores da América de 2015, quando enfrentou o Corinthians na fase de grupos.

Postagens mais visitadas deste blog

Brasileirão Série A - Confira os jogos de hoje e amanhã

Brasileirão Série A - Confira os jogos em andamento

Herói da Inter, Éder Paulista poderia ter sido herói no Cianorte FC

Eder Paulista , atacante com passagem pelo Cianorte FC , onde pouco fez por não ter a oportunidade merecida , oportunidade que teve na Inter de Limeira quando no dia 14 de maio , a emoção tomou conta dos mais de 8 mil presentes no Limeirão assim que o árbitro Thiago Duarte Peixoto apitou o fim da vitória da Inter de Limeira por 2 a 1 sobre o Monte Azul. 

O tão sonhado acesso à Série A2 estava consumado. Graças a alguém que por muito pouco não esteve ali. Herói do Leão com os dois gols da virada no jogo decisivo, o atacante Éder Paulista teve a participação ameaçada na competição ao sofrer uma grave lesão logo no início da campanha. 

Por tudo o que passou, era um dos mais eufóricos, a ponto de até esquecer como foram seus gols. - Só Deus sabe o que eu passei. Os médicos falavam que eu só voltaria depois de três meses. Mas eu falei que iria me recuperar rapidamente e decidir para a equipe. 

A emoção está muito grande, não sei nem dizer como foram os gols.