Pular para o conteúdo principal

'Apologia à violência' em esportes e games incentiva crimes, diz ministro da Justiça

O ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, afirmou na quinta-feira nos Estados Unidos que a "apologia à violência" em esportes e videogames alimenta a criminalidade no Brasil.
"A violência é hoje cultivada e aplaudida, seja em esportes ou jogos de crianças pequenas", disse Cardozo na sede da Organização dos Estados Americanos (OEA), em Washington. No evento, o ministro apresentou os principais pontos do pacto nacional contra homicídios que o governo federal deverá lançar nas próximas semanas.
"Outro dia ouvi um especialista dizer que nunca viu um game em que o vencedor é quem salva vidas, pois o vencedor é sempre quem mata. Essa cultura da exaltação da violência se projeta e acaba banalizando a violência, disseminando uma realidade perversa em que seres humanos podem aniquilar, ferir os outros em atos que são socialmente reprovados", afirmou Cardozo.
O ministro não deu detalhes de como o governo pretende lidar com o tema. Questionado pela BBC Brasil se, ao mencionar a violência em esportes, ele se referia ao UFC (competição de lutas marciais mistas com crescente popularidade no país), Cardozo disse que não tratava de nenhuma modalidade específica.
"Às vezes tenho visto violência até em esportes que não tendem minimamente a ser violentos, como jogos de futebol", afirmou.
Especialistas se dividem quanto à relação entre a violência virtual e a real. Um estudo recente da American Psychological Association concluiu que games violentos podem estimular comportamentos agressivos em usuários. A pesquisa não encontrou indícios, porém, de que os jogos estimulem atos criminosos.

Pacto nacional

Segundo Cardozo, o pacto nacional contra homicídios envolverá os Três Poderes, Estados, municípios e a sociedade civil. "Todos terão que participar, superando as divergências."
Ele disse que as ações enfocarão 81 municípios – em sua maioria no Nordeste – que concentram quase a metade dos homicídios no país.
Resultado de imagem para bbc brasil

Postagens mais visitadas deste blog

O futebol e a salsicha

Dia destes numa fila qualquer ouví um dizer: "Perdí as esperanças no futebol depois da final da Copa da França em 1998. 
 Logo pensei : 

" Se Imaginássemos como são feitos o futebol e a salsicha jamais consumiriamos essas "guloseimas"

Seleção masculina de hóquei sobre grama sofre segunda derrota

07/08/2016 22:05 A seleção brasileira masculina de hóquei sobre grama disputou o seu segundo compromisso no torneio dos Jogos Olímpicos Rio 2016 neste domingo, 8 de agosto, no Centro Olímpico de Hóquei, no Complexo de Deodoro. Ao enfrentar a forte Bélgica, a seleção brasileira foi derrotada pelo placar de 12 a 0. O Brasil passou a somar duas derrotas em duas partidas, já que perdeu na estreia para a Espanha por 5 a 0. Na próxima rodada, terça-feira, 9 de agosto, os brasileiros voltam a campo para encarar a Grã-Bretanha. Encarando um time muito competitivo, os atletas brasileiros conseguiram manter o jogo equilibrado até o fim do primeiro quarto – de um total de quatro quartos, de 15 minutos cada –, quando a Bélgica marcou seus dois primeiros gols. A partir daí, a equipe brasileira sucumbiu à superioridade belga, ameaçando o gol adversário apenas em lances esporádicos. Com o domínio absoluto da partida, a Bélgica foi ampliando até chegar ao placar final de 12 a 0. "Pela primeira vez …

Marcos Danilo Padilha - "Profissão - Goleiro"

Sempre publico nesse espaço matérias sobre a carreira do goleiro Danilo da Chapecoense , que considero o melhor goleiro do futebol brasileiro , formado e revelado pelo Cianorte FC time de sua cidade natal , tem como ponto alto um caráter diferenciado herdado dos pais , meus amigos Nilson e Ilaídes(foto). O  filho Danilo , também é filho de Cianorte e tem um respeito enorme do torcedor paranaense , tanto  é que enquanto atuou no Londrina E.C  recebeu o apelido de PAREDÃO  do torcedor londrinense devido as atuações brilhantes na meta do LEC .

Atuou também pelo Cianorte FC , Nacional de Rolândia , Engenheiro Beltrão e Operário Ferroviário de Ponta Grossa atual campeão Paranaense de Futebol. ( clubes do interior do Paraná)

Marcos Danilo Padilha Nascimento: 31 de julho de 1985 (29 anos), Cianorte, Paraná Altura: 1,85 m Peso: 80 kg Início de carreira: 2004 Time atualAssociação Chapecoense de Futebol (#1 / Goleiro)