Pular para o conteúdo principal

Torcedor do Valencia morre após sofrer infarto durante partida contra Barcelona

Um torcedor do Valencia morreu após passar mal no jogo contra o Barcelona, neste sábado, no Estádio Mestalla, em partida válida pela 14ª rodada do Campeonato Espanhol. Nas arquibancadas, o fã dos donos da casa não suportou um infarto no meio do jogo, foi encaminho para um hospital, mas acabou falecendo.
Em um comunicado oficial, o Valencia lamentou a "perda irreparável de um torcedor em uma partida no Mestalla", e se colocou à disposição da família do torcedor para qualquer auxílio futuro.
Ao que tudo indica, o homem se sentiu indisposto e, depois de um primeiro atendimento médico no próprio estádio, fui levado para um hospital, onde não resistiu e faleceu.
Dentro das quatro linhas, o Barcelona até saiu na frente do Valencia, com um gol anotado por Luis Suárez. No entanto, os donos da casa buscaram forças na final da partida e conseguiram arrancar um empate.
A vitória catalã parecia garantida, mas aos 40min, Alcácer recebeu lançamento de Bakkali, matou no peito, com categoria, controlou a bola e rolou para Santi Mina, de 19 anos, finalizar com força e empatar o jogo.
ESPN.com.br com agência EFE
Resultado de imagem para msn logo

Postagens mais visitadas deste blog

Brasileirão Série A - Confira os jogos de hoje e amanhã

Brasileirão Série A - Confira os jogos em andamento

Herói da Inter, Éder Paulista poderia ter sido herói no Cianorte FC

Eder Paulista , atacante com passagem pelo Cianorte FC , onde pouco fez por não ter a oportunidade merecida , oportunidade que teve na Inter de Limeira quando no dia 14 de maio , a emoção tomou conta dos mais de 8 mil presentes no Limeirão assim que o árbitro Thiago Duarte Peixoto apitou o fim da vitória da Inter de Limeira por 2 a 1 sobre o Monte Azul. 

O tão sonhado acesso à Série A2 estava consumado. Graças a alguém que por muito pouco não esteve ali. Herói do Leão com os dois gols da virada no jogo decisivo, o atacante Éder Paulista teve a participação ameaçada na competição ao sofrer uma grave lesão logo no início da campanha. 

Por tudo o que passou, era um dos mais eufóricos, a ponto de até esquecer como foram seus gols. - Só Deus sabe o que eu passei. Os médicos falavam que eu só voltaria depois de três meses. Mas eu falei que iria me recuperar rapidamente e decidir para a equipe. 

A emoção está muito grande, não sei nem dizer como foram os gols.