Pular para o conteúdo principal

Surfe : Mineirinho aproveita revés de Fanning e mantém título mundial no Brasil

Mineirinho é campeão mundial
O início da noite desta quinta-feira apresentou o novo campeão mundial de surfe: natural do Guarujá, Adriano “Mineirinho” de Souza conquistou o título com vitória sobre Mason Ho e revés de Mick Fanning diante de Gabriel Medina, vencedor no ano passado. Deste modo, o troféu permanece dentre os surfistas brasileiros. 

 Embora não tenha repetido o feito de dezembro de 2014, Medina conquistou a Tríplice Coroa Havaiana, prêmio entregue ao melhor das três competições realizadas em Oahu, no Havaí. Além disso, o Pipe Masters ainda terá dois finalistas brasileiros, confirmando a boa fase dos surfistas nacionais. Graças a um aéreo nos últimos segundos da bateria, Medina virou a disputa diante de Mick Fanning e acabou vitorioso por 11.33 a 10.36. 

Desta maneira, abriu caminho para o troféu de Mineirinho, que superou Mason Ho em 6.83 a 4.70. Os tubos não foram frequentes, mas o brasileiro superou o obstáculo com manobras e levou o título. Vale destacar que o Pipe Masters ainda não chegou ao fim. Mesmo com o campeão mundial já definido, a competição segue com a grande final ainda nesta quinta-feira, a ser disputada entre o próprio Mineirinho e o compatriota Gabriel Medina. Um curioso confronto entre os dois últimos melhores surfistas do planeta, no qual o Brasil só tem a ganhar.
Gazeta PressResultado de imagem para yahoo esporte

Postagens mais visitadas deste blog

Brasileirão Série A - Confira os jogos de hoje e amanhã

Brasileirão Série A - Confira os jogos em andamento

Herói da Inter, Éder Paulista poderia ter sido herói no Cianorte FC

Eder Paulista , atacante com passagem pelo Cianorte FC , onde pouco fez por não ter a oportunidade merecida , oportunidade que teve na Inter de Limeira quando no dia 14 de maio , a emoção tomou conta dos mais de 8 mil presentes no Limeirão assim que o árbitro Thiago Duarte Peixoto apitou o fim da vitória da Inter de Limeira por 2 a 1 sobre o Monte Azul. 

O tão sonhado acesso à Série A2 estava consumado. Graças a alguém que por muito pouco não esteve ali. Herói do Leão com os dois gols da virada no jogo decisivo, o atacante Éder Paulista teve a participação ameaçada na competição ao sofrer uma grave lesão logo no início da campanha. 

Por tudo o que passou, era um dos mais eufóricos, a ponto de até esquecer como foram seus gols. - Só Deus sabe o que eu passei. Os médicos falavam que eu só voltaria depois de três meses. Mas eu falei que iria me recuperar rapidamente e decidir para a equipe. 

A emoção está muito grande, não sei nem dizer como foram os gols.