Pular para o conteúdo principal

São Paulo anuncia a chegada de técnico bicampeão da Copa Libertadores

Edgardo Bauza é o novo treinador do São Paulo. Por meio do site oficial do clube, o Tricolor anunciou nesta quinta-feira (17) a chegada do bicampeão da Libertadores. O contrato de Bauza com o São Paulo vai até o fim de 2016. Experiente, Bauza, de 57 anos, comandou o San Lorenzo nas duas últimas temporadas. Em 2014, foi um dos principais responsáveis por levar a tradicional equipe argentina a inédita conquista da Libertadores. 

 Antes de brilhar na Argentina, o treinador obteve destaque em outro país sul-americano. Com quatro títulos, escreveu seu nome na história da LDU, de Quito. Em 2008, fez história no Equador ao levar a equipe a conquista da primeira Libertadores, o único título do país até hoje na competição. Clubes: Rosário Central (1998/2001), Velez Sarsfield (2001/02), Colón (2002/03), Sporting Cristal (2004/05), Colón (2005/06), LDU (2006/08), Al Nassr (2009), LDU (2010/13), San Lorenzo (2014/15) e São Paulo (2016). Títulos: Copa Libertadores da América (2008 e 2014), Recopa Sul-Americana (2010), Bicampeonato Equatoriano (2007 e 2010) e Apertura do Campeonato Peruano (2004).
Resultado de imagem para r7

Postagens mais visitadas deste blog

Brasileirão Série A - Confira os jogos de hoje e amanhã

Brasileirão Série A - Confira os jogos em andamento

Herói da Inter, Éder Paulista poderia ter sido herói no Cianorte FC

Eder Paulista , atacante com passagem pelo Cianorte FC , onde pouco fez por não ter a oportunidade merecida , oportunidade que teve na Inter de Limeira quando no dia 14 de maio , a emoção tomou conta dos mais de 8 mil presentes no Limeirão assim que o árbitro Thiago Duarte Peixoto apitou o fim da vitória da Inter de Limeira por 2 a 1 sobre o Monte Azul. 

O tão sonhado acesso à Série A2 estava consumado. Graças a alguém que por muito pouco não esteve ali. Herói do Leão com os dois gols da virada no jogo decisivo, o atacante Éder Paulista teve a participação ameaçada na competição ao sofrer uma grave lesão logo no início da campanha. 

Por tudo o que passou, era um dos mais eufóricos, a ponto de até esquecer como foram seus gols. - Só Deus sabe o que eu passei. Os médicos falavam que eu só voltaria depois de três meses. Mas eu falei que iria me recuperar rapidamente e decidir para a equipe. 

A emoção está muito grande, não sei nem dizer como foram os gols.