ZH

 

Zero Hora

Últimas notícias

Carregando...

/

ESPORTE PARA TODOS!

 

OUÇA - A VIDA DE WILSON SILVA

quinta-feira, 24 de dezembro de 2015

Santos vai ao ataque contra Barcelona

Santos - O Santos não aceitou bem a notícia de que o Barcelona não planeja pagar ao clube os 2 milhões de euros previstos em contrato no caso de Neymar ser indicado como um dos três finalistas ao prêmio Bola de Ouro da Fifa. Ontem, o clube paulista acusou os dirigentes catalães de estarem promovendo uma "cortina de fumaça" para fugirem do pagamento. 

"O Barcelona estaria utilizando uma cortina de fumaça para buscar se evadir de suas obrigações contratuais. Não se deve esquecer que é precisamente o Barcelona que está sendo objeto de investigações fiscais e criminais na Espanha, o que obriga, ao Barcelona, somente, se submeter a auditorias e verificações do destino de suas receitas", afirmou o time paulista em nota. 

Ao lado de Lionel Messi e Cristiano Ronaldo, Neymar é um dos finalistas que concorrem ao prêmio de melhor do mundo em 2015. Isso obrigaria o Barcelona a pagar os 2 milhões de euros previstos em contrato ao Santos, mas o clube catalão enviou uma carta aos dirigentes paulistas avisando que não quitaria esta dívida por divergências que vêm ocorrendo desde o momento da transferência do craque, ainda em 2013. 

"O Santos Futebol Clube deseja se manifestar publicamente a seus torcedores diante das questões recentemente suscitadas por uma publicação do Futebol Clube Barcelona de uma suposta correspondência, datada de 14 de dezembro de 2015, pretensamente endereçada ao Santos FC. Os originais de referida correspondência jamais foram recebidos pelo Santos FC mas, pelo teor da publicação, verifica-se ser absolutamente insustentável", afirmou o Santos. 

O desentendimento entre Santos e Barcelona se deu pelo valor alegadamente pago pelos catalães para a contratação de Neymar. O clube paulista inclusive moveu uma ação, que iniciou uma investigação da Justiça espanhola, para que a questão fosse esclarecida. Foi justamente este entrevero que o Barça utilizou como argumento para não realizar o pagamento do bônus ao Santos. 

"Em 31 de maio de 2013, o Santos transferiu os direitos federativos de Neymar Jr. ao Barcelona pelo preço de 17,1 milhões de euros, mais uma parcela de 2 milhões de euros em caso de o jogador ser apontado como um dos três finalistas ao prêmio Fifa World Player. Entretanto, como resultado das investigações do caso denominado ‘Caso Neymar’, promovida pela Justiça Espanhola em face do Barcelona e seus diretores, o Santos teve notícia de que, em realidade, o Barcelona havia pago 80 milhões de euros pela transferência do jogador. 

Segundo a informação reportada pelos meios de comunicação, incluindo nos dias que precederam a final do Mundial de Clubes de 2011 (quando Neymar Jr. Era ainda jogador do Santos FC), o Barcelona já havia realizado pagamentos ao jogador por sua transferência para o clube catalão", reafirmou o clube paulista na nota.

Como ainda não recebeu a negativa do Barcelona em relação à quitação da dívida de 2 milhões de euros, o Santos ainda não tomou nenhuma atitude legal. Mas promete fazê-lo assim que receber a já citada carta. "Assim que a correspondência do Barcelona for recebida oficialmente pelo Santos, o clube enviará a resposta cabível. O Santos se reserva o direito de iniciar tantas ações ou adotar tantas medidas quanto necessárias para preservar seus direitos e, igualmente, para cobrar todos os valores que lhes sejam devidos."
Agência EstadoFolhaWeb