ZH

 

Zero Hora

Últimas notícias

Carregando...

/

ESPORTE PARA TODOS!

 

OUÇA - A VIDA DE WILSON SILVA

segunda-feira, 14 de dezembro de 2015

"Dói muito porque a expectativa era muito grande", diz técnico do handebol

O dinamarquês Morten Soubak sofreu junto com suas jogadoras ao ver a seleção brasileira eliminada já pelas oitavas de final do Mundial contra a Romênia. Equipe sonhava com o bicampeonato no torneio

Romênia derrota o Brasil pelas oitavas do Mundial feminino de handebol
Wander Roberto/Inovafoto
Romênia derrota o Brasil pelas oitavas do Mundial feminino de handebol

O dinamarquês Morten Soubak está intimamente ligado à ascensão da seleção brasileira feminina de handebol. Por ser estrangeiro, de um país nórdico, e ser o mentor da transformação pela qual a equipe nacional passou nos últimos anos, muitos podem, à distância, pressupor um coração frio, uma cabeça calculista para o profissional.
Mas, neste domingo, com a queda do Brasil já pelas oitavas de final do Mundial, vendo o sonho do bicampeonato acabar muito cedo, Soubak também sofreu com suas atletas. Muitas delas deixaram a quadra em Kolding chorando, depois de derrota para a Romênia por 25 a 22. 
"Está doendo muito porque as expectativas dentro da equipe eram muito grandes. Sabemos que somos capazes de chegar longe porque já mostramos, sofremos, brigamos e treinamos. Fizemos todo o possível para chegar lá. Elas fizeram um grande trabalho para chegar aqui e estarem prontas e nós vamos continuar com o nosso trabalho para 2016", disse o treinador. 
Resultado de imagem para ig