Com gol de Paulinho no fim, time de Felipão vence e enfrenta Barça no Mundial

Único campeão do Mundial de Clubes da Fifa em campo, Paulinho fez valer sua experiência para decidir o jogo em favor do Guangzhou Evergrande em uma vitória no sufoco sobre o América, do México, por 2 a 1, neste domingo, em Osaka, na estreia das duas equipes no torneio disputado no Japão.
O campeão mundial pelo Corinthians em 2012 marcou o gol decisivo do time chinês aos 47 minutos do segundo tempo, decretando a virada do Guangzhou, ao lado dos companheiros Robinho, Ricardo Goulart e Elkeson e do técnico Luiz Felipe Scolari. A equipe chinesa avançou à semifinal, quando terá pela frente o poderoso Barcelona.
Paulinho definiu a vitória no sufoco ao escorar de cabeça cobrança de escanteio. O lance coroou sua boa atuação no segundo tempo, na companhia de Ricardo Goulart. Os outros brasileiros em campo não foram tão bem e acabaram substituídos na segunda etapa por Felipão.
Guangzhou e América fizeram um duelo equilibrado desde o início. Aplicados na marcação, não davam espaço para o rival e as poucas chances de gol surgiam apenas em lances de bola parada. A melhor chance da etapa foi do time chinês, com Robinho, em chute perigoso de canhota. O goleiro Muñoz fez a defesa.
Depois de um primeiro tempo truncado, as duas equipes se abriram mais na segunda etapa e os gols começaram a sair. Aos 9 minutos, o América abriu o placar em cruzamento da direita para Peralta, totalmente livre de marcação na pequena área, cabecear para as redes - o atacante foi o algoz da seleção brasileira na final olímpica de Londres-2012.
Em vantagem, o América seguiu ameaçando a defesa chinesa. Tinha maior volume de jogo e parecia perto do segundo gol. Até que Paulinho deu boa assistência para Zheng Long empatar o duelo aos 35 minutos do segundo tempo. Incansável, o brasileiro pôs um ponto final na partida, que parecia se encaminhar para a prorrogação, ao anotar o segundo dos chineses nos acréscimos.
Agora o Guangzhou vai se preparar para o confronto mais difícil deste Mundial. Felipão e Paulinho vão reencontrar Neymar e Daniel Alves, seus companheiros na Copa do Mundo de 2014, na semifinal deste Mundial de Clubes, na próxima quinta-feira, no duelo contra o Barcelona, de Lionel Messi e Luiz Suárez.
                                  (Com Estadão Conteúdo)
Resultado de imagem para revista veja logo

Postagens mais visitadas deste blog

Com equipe completa, nado sincronizado iniciou treinamentos muito antes da Rio 2016

Seleção masculina de hóquei sobre grama sofre segunda derrota

Marcos Danilo Padilha - "Profissão - Goleiro"