Bayern confirma saída de Guardiola e anuncia Ancelotti como sucessor


O Bayern de Munique informou neste domingo oficialmente que o técnico Josep Guardiola não renovará seu contrato ao final desta temporada e que será sucedido no comando da equipe pelo italiano Carlo Ancelotti, com quem acertou vínculo até 2019.
"Agradecemos a Guardiola por tudo o que deu a nosso clube desde 2013. Estou convencido de que 'Pep' e nossa equipe trabalharão ainda com mais intensidade para atingir os principais objetivos esportivos, agora que está claro que 'Pep' deixará o Bayern", ressaltou em comunicado o executivo-chefe do Bayern, o ex-jogador Karl-Heinz Rummenigge.
O dirigente também destacou o currículo do futuro técnico, que já conquistou três vezes a Liga dos Campeões.
"Carlo é um profissional tranquilo e sereno, capaz de lidar com as estrelas e que permite que se jogue um futebol com muitas variantes. Era o que estávamos buscando e é o que encontramos. Nos alegramos com a futura parceria", acrescentou Rummenigge.
O clube alemão divulgou através do Twitter as primeiras declarações do treinador italiano a respeito de sua contratação. Ancelotti disse que, quando soube do interesse do Bayern, não quis considerar nenhuma outra proposta.
"É uma honra para mim fazer parte, a partir da próxima temporada, deste grande clube", ressaltou o técnico, que desejou à equipe e a Guardiola - a quem chamou de "amigo" - o melhor para o restante da temporada.
Resultado de imagem para efe logo

Postagens mais visitadas deste blog

Com equipe completa, nado sincronizado iniciou treinamentos muito antes da Rio 2016

Seleção masculina de hóquei sobre grama sofre segunda derrota

Marcos Danilo Padilha - "Profissão - Goleiro"