ZH

 

Zero Hora

Últimas notícias

Carregando...

/

ESPORTE PARA TODOS!

 

OUÇA - A VIDA DE WILSON SILVA

sábado, 19 de dezembro de 2015

Ao Estado, Fifa confirma Mundial de 1951 para o Palmeiras

A pedido do Estado, a Fifa confirmou em documento oficial a polêmica sobre a conquista do Palmeiras do Mundial de Clubes da Fifa, em 1951, como o presidente Joseph Blatter havia garantido para a CBF e para a própria diretoria do clube durante a Copa do Mundo de 2014. 
Em inglês, o texto enviado por um porta-voz da entidade diz o seguinte: "At its meeting in Sao Paulo on 7 June 2014 the FIFA Executive Committee agreed to the request presented by CBF to acknowledge the 1951 tournament between European and South American clubs as the first worldwide club competition and Palmeiras as its winner".

A Fifa diz que "em reunião realizada em São Paulo no dia 7 de junho de 2014, o Comitê Executivo concordou com o pedido apresentado pela CBF para reconhecer o torneio disputado em 1951 entre clubes europeus e sul-americanos como a primeira competição interclubes e o Palmeiras como o seu vencedor".
Pouco antes do início da Copa do Mundo, a direção do Palmeiras e o então ministro dos Esportes, Aldo Rebelo, fizeram lobby. "O Palmeiras, naquela época, foi o campeão do mundo de clubes. Vamos dar um certificado para todos os campeões. Agora, temos um campeão a cada ano", declarou Nobre na época. 

                                       HISTÓRIA ANTIGA


Em 2006, durante a gestão do ex-presidente Affonso della Monica, o Palmeiras produziu dossiê completo sobre o torneio de 1951. Com reportagens da época, o documento comprova o caráter internacional da competição, disputada por oito clubes - Áustria Viena (Áustria), Estrela Vermelha (Iugoslávia), Juventus (Itália), Nacional (Uruguai), Nice (França), Sporting (Portugal), Vasco e Palmeiras (Brasil). O Palmeiras decidiu o título contra a Juventus. Na primeira partida, no Pacaembu, venceu por 1 a 0. No segundo jogo, com mais de 150 mil torcedores no Maracanã, o Palmeiras segurou empate por 2 a 2 e sagrou-se campeão do torneio.
Vitor Hugo e Dudu fazem festa no Maracanã: atacante abre placar e zagueiro define a vitória palmeirense sobre o Flamengo por 2 a 1.    
Em maio de 2007, o Palmeiras chegou a celebrar a homologação da conquista - o clube havia recebido um fax da Fifa com a informação, em documento assinado por Urs Linsi, ex-secretário-geral da entidade. Contudo, na época a Fifa protelou a decisão e informou que o clube ainda não poderia se considerar como campeão do mundo.
O Palmeiras não se deu por vencido. Como parte das celebrações do centenário do clube, comemorado em 26 de agosto de 2014, a diretoria pediu a ajuda para Marco Polo Del Nero, então presidente da Federação Paulista de Futebol (FPF). Del Nero, que assumiu a CBF em 2015 e está afastado do cargo para se defender das acusações de corrupção, é amigo pessoal de Paulo Nobre, presidente do Palmeiras. Ele intercedeu diretamente aos principais executivos da Fifa para que o comitê executivo da entidade reconsiderasse o caso, reexaminasse o dossiê e desse, enfim, a honraria ao clube, anunciada há um ano e meio e confirmada agora pela entidade que rege o futebol.
EstadãoResultado de imagem para msn logo