ZH

 

Zero Hora

Últimas notícias

Carregando...

/

ESPORTE PARA TODOS!

 

OUÇA - A VIDA DE WILSON SILVA

quinta-feira, 19 de novembro de 2015

VIDEO : O melhor jogo do Cianorte FC sob o comando do treinador Paulo Turra



Como no jogo de ida o Cianorte havia perdido por 3 a 1                           precisava de dois gols para conseguir a  classificação                                                  
                CIANORTE 3 X 0 JUVENTUDE



O Juventude foi eliminado do Campeoanto Brasileiro da Série D. Na tarde de um domingo dia 09 de setembro de 2012, no Estádio Alberto Turbay, em Cianorte, o Ju até poderia perder, que conseguiria a vaga, já que venceu o jogo de ida por 3 a 1, mas numa tarde infeliz, acabou perdendo de 3 a 0 e, pelo terceiro ano seguido, permanecem na quarta divisão do futebol nacional. Classificado, o Cianorte aguardou o vencedor de Metropolitano e Mogi Mirim, para o duelo das quartas de final e quem venceria, conquistaria o acesso para Série C de 2013 e infelismente para os cianortenses o Mogi foi melhor e garantiu o acesso à Série C de 2013.  

O Cianorte precisava do resultado a todo custo e foi com tudo para cima do Ju e logo aos quatro minutos abriu o placar. Após cobrança de falta na área, a bola sobrou para Reinaldo, que na entrada da área, bateu com força, abrindo o placar o placar no Paraná. Com o gol, o jogo ficou aberto, com os dois times se lançando ao campo de ataque e buscando criar. Aos 25 minutos, o Ju quase empatou com Nem. Após cruzamento, Nem subiu sozinho e testou muito perto da trave do gol paranaense. 

A resposta do Cianorte foi aos 28 minutos, com Dedoné. Ele foi lançado e bateu na saída de Follman, em cima da linha, Ramiro afastou o perigo. O Cianorte aumentou a pressão e aos 44 minutos conseguiu fazer o segundo. Após cruzamento, o goleiro Follmann saiu em falso, a bola bateu em Zulu e morreu no fundo das redes gaúchas. O gol explodiou o Estádio e animou os jogadores em campo e aos 46, os paranaenses fizeram o terceiro. A defesa do Juventude saiu jogando errado, Reinaldo aproveitou a bobeira e bateu na saída do goleiro, que desta vez, não teve culpa nenhuma. Com este resultado no primeiro tempo, os paranaenses podem até sofrer um gol no segundo tempo, que conquistam a vaga.. Pressão e nada! 

O Juventude voltou com tudo para o segundo tempo, pressionando o Cianorte e precisando de todo jeito de gols para se manter vivo na competição. Como tinha uma boa vantagem, os paranaenses passaram a catimbar muito o jogo, tentando ao máximo parar o jogo. Na pressão, aos 22, o Ju quase fez com Zulu. Após cruzamento, o atacante subiu mais que todo mundo e testou para uma boa defesa de Fabrício. O técnico Lisca mudou o time e com 29 minutos, os gaúchos tinham três atacantes em campo e pressionavam de todos os lados. O Cianoirte ficou com um jogador a menos aos 31 minutos, quando o volante Jackson acabou sendo expulso. Com isto, o Ju apertou e foi com tudo para o ataque, buscando os gols, que poderiam valer a vaga ao time gaúcho, mas numa tarde inspirada, o goleiro Fabricio fez boas defesas e salvou o Cianorte e garantiu a vaga paranaense. 


FICHA TÉCNICA 

 Cianorte-PR 3 x 0 Juventude-RS Local: Estádio Albino Turbay, em Cianorte-PR Árbitro: Márcio Henrique de Góis (SP) Assistentes: Eduardo Gonçalves da Cruz (MT) e Leandro dos Santos Ruberdo (MT) Cartões amarelos: Zulu e Bressan (Juventude) Cartão vermelho: Jackson (Cianorte-PR) Gols: Reinaldo aos 41'/1T e aos 46'/1T e Zulu, contra, aos 44'/1T (Cianorte-PR) 

Cianorte-PR Fabricio; Jackson, Alexandre Luz, Ligger e Tiago Silva(Valdir); Jovane, Cleiton, Paulinho e Thiago Santos(Serginho); Diego Dedoné e Reinaldo(João Paulo). Técnico: Paulo Turra 

 Juventude-RS Follmann; Ramiro, Rafael Pereira, Bressan e Alex Telles; Fabrício (Douglas), Jardel, Francisco Alex (Rodrigo Dantas) e Nem; João Henrique e Zulu. Técnico: Lisca.