Pular para o conteúdo principal

Santos dá calote após acordo, e Aranha volta à Justiça para cobrar o clube


Primeiro atleta a fazer acordo com o Santos para deixar a Vila Belmiro durante a enxurrada de ações na Justiça que tomaram conta do clube no início do ano, o goleiro Aranha voltou aos tribunais para cobrar valores que julga ter direito a receber. O jogador pede o pagamento de R$ 97.363,37 por duas parcelas atrasadas do acerto que fez com a diretoria para rescindir o contrato amigavelmente e desistir do processo que movia na Justiça do Trabalho. 

 O distrato previa o pagamento de R$ 704 mil em quinze meses, mas o goleiro sustenta que o Santos cumpriu apenas nos cinco primeiros. As parcelas com vencimento para setembro e outubro não foram quitadas. Os advogados do atleta afirmam que notificaram o clube, mas que a dívida foi mantida. Aranha foi um dos quatro titulares santistas de 2014 que foram aos tribunais para pedir a quebra de contrato por atraso de salários. 

Além dele, Mena, Leandro Damião e Arouca também reclamaram da falta de pagamentos. Após sair do Santos, o goleiro se transferiu para o Palmeiras. Reserva, atuou em uma única partida na temporada e é cotado para deixar o elenco em janeiro. O valor do acordo com os alvinegros, R$ 704 mil, é consideravelmente inferior à previsão de indenização que o clube seria obrigado a pagar ao jogador caso fosse condenado: R$ 2,5 milhões. 

  *Por Leonardo Lourenço/ Bastidores FC
Resultado de imagem para g1

Postagens mais visitadas deste blog

Brasileirão Série A - Confira os jogos de hoje e amanhã

Brasileirão Série A - Confira os jogos em andamento

Herói da Inter, Éder Paulista poderia ter sido herói no Cianorte FC

Eder Paulista , atacante com passagem pelo Cianorte FC , onde pouco fez por não ter a oportunidade merecida , oportunidade que teve na Inter de Limeira quando no dia 14 de maio , a emoção tomou conta dos mais de 8 mil presentes no Limeirão assim que o árbitro Thiago Duarte Peixoto apitou o fim da vitória da Inter de Limeira por 2 a 1 sobre o Monte Azul. 

O tão sonhado acesso à Série A2 estava consumado. Graças a alguém que por muito pouco não esteve ali. Herói do Leão com os dois gols da virada no jogo decisivo, o atacante Éder Paulista teve a participação ameaçada na competição ao sofrer uma grave lesão logo no início da campanha. 

Por tudo o que passou, era um dos mais eufóricos, a ponto de até esquecer como foram seus gols. - Só Deus sabe o que eu passei. Os médicos falavam que eu só voltaria depois de três meses. Mas eu falei que iria me recuperar rapidamente e decidir para a equipe. 

A emoção está muito grande, não sei nem dizer como foram os gols.