Luis Fabiano marca na despedida, São Paulo sofre, mas vence


Resultado de imagem para luis fabiano


                                   Da Redação | esportes@band.com.br 

O São Paulo recebeu o Figueirense no Morumbi neste sábado para esquecer a goleada sofrida para o Corinthians na última rodada do Campeonato Brasileiro. A partida também marcava a despedida de Luis Fabiano do Morumbi, já que o atacante não ficará no Tricolor em 2016. O jogador deixou o seu gol, a equipe deixou a desejar, mas conseguiu vencer o Figueirense por 3 a 2, com dois gols no fim da partida. Assim que chegou no Morumbi, o São Paulo já percebeu que a pressão pela vitória seria grande. Um grupo de torcedores protestavam contra o atual momento do clube com pizzas e faixas. 

 E o São Paulo até que começou bem a partida. Log aos dez minutos Pato tabelou com Ganso, que tocou para Luis Fabiano, o atacante ajeitou a bola e soltou a bomba para abrir o placar. Na comemoração, ele foi até o símbolo do São Paulo que fica em uma das linhas laterais do gramado do Morumbi. Aos 19 minutos Rodrigo Caio mandou uma bola na trave. 

O Figueirense estava perdido, mas o São Paulo não soube aproveitar. Aos 27 minutos, o Furacão chegou ao empate em desatenção da zaga tricolor, que deixou Clayton livre para receber dentro da área e escolher o canto para chutar. O São Paulo até ia bem quando aos 29 minutos do segundo tempo o Figueirense conseguiu a virada com Carlos Alberto. O meia aproveitou sobra de bola e marcou de voleio, um belo gol no Morumbi. Com a virada, a torcida tricolor perdeu a paciência e começou a xingar muitos jogadores do elenco. 

Tudo parecia perdido quando aos 45 minutos Alan Kardec empatou de cabeça. Quando o empate já parecia bom, Thiago Mendes acertou belo chute de fora da área para decretar a virada no minuto final. Assim, o São Paulo se mantém no G4 com 59 pontos. Já o Figueirense segue com risco de rebaixamento. Com 40 pontos, está a apenas dois do Avaí, o primeiro clube no Z4.
Resultado de imagem para band

Postagens mais visitadas deste blog

Com equipe completa, nado sincronizado iniciou treinamentos muito antes da Rio 2016

Seleção masculina de hóquei sobre grama sofre segunda derrota

Marcos Danilo Padilha - "Profissão - Goleiro"