Pular para o conteúdo principal

Jemerson celebra convocação e já quer “ser lembrado” no futuro

Fora da lista inicial de Dunga para a terceira e quarta rodadas das Eliminatórias da Copa do Mundo de 2018, o zagueiro Jemerson contou com um “golpe de sorte” para ser convocado e defender a Seleção Brasileira. A expulsão de David Luiz contra a Argentina tirou-o do duelo contra o Peru e abriu a vaga que foi preenchida pelo jovem defensor do Atlético-MG, que celebra a oportunidade e já projeta o futuro com a camisa canarinho. “Fiquei muito feliz e surpreso, sem acreditar. Não esperava essa convocação. 

Vou fazer de tudo para mostrar meu trabalho para o Dunga e para a comissão técnica. Essa vai ser uma grande oportunidade para isso, vou estar junto de todo o grupo, o que é muito importante. Espero me sair bem para, assim, ser lembrado nas próximas convocações. Se tiver a oportunidade de jogar, farei meu melhor para construir meu espaço”, comemorou o zagueiro de 23 anos, convocado pela primeira vez à Seleção profissional. Mas o chamado deve mesmo servir para que o defensor ganhe experiência e vivência no ambiente da Seleção Brasileira, uma vez que as primeiras opções para a vaga de David Luiz no time são Gil, do Corinthians, e Marquinhos, do Paris Saint-Germain. Miranda, que defende a Inter de Milão, deve seguir como titular. 

 O tão sonhado primeiro treino de Jemerson sob o comando de Dunga já acontece neste domingo, a partir das 10 horas da manhã (de Brasília), na Arena Fonte Nova, em Salvador, justamente o palco do confronto contra o Peru, marcado para a noite desta terça-feira. Já pelo Atlético-MG, onde é titular absoluto, o jovem zagueiro pode ir a campo dois dias depois, na quinta-feira (19), quando os comandados de Levir Culpi visitam o São Paulo, no Morumbi.
Resultado de imagem para footstats logo

Postagens mais visitadas deste blog

Brasileirão Série A - Confira os jogos de hoje e amanhã

Marcos Danilo Padilha - "Profissão - Goleiro"

Sempre publico nesse espaço matérias sobre a carreira do goleiro Danilo da Chapecoense , que considero o melhor goleiro do futebol brasileiro , formado e revelado pelo Cianorte FC time de sua cidade natal , tem como ponto alto um caráter diferenciado herdado dos pais , meus amigos Nilson e Ilaídes(foto). O  filho Danilo , também é filho de Cianorte e tem um respeito enorme do torcedor paranaense , tanto  é que enquanto atuou no Londrina E.C  recebeu o apelido de PAREDÃO  do torcedor londrinense devido as atuações brilhantes na meta do LEC .

Atuou também pelo Cianorte FC , Nacional de Rolândia , Engenheiro Beltrão e Operário Ferroviário de Ponta Grossa atual campeão Paranaense de Futebol. ( clubes do interior do Paraná)

Marcos Danilo Padilha Nascimento: 31 de julho de 1985 (29 anos), Cianorte, Paraná Altura: 1,85 m Peso: 80 kg Início de carreira: 2004 Time atualAssociação Chapecoense de Futebol (#1 / Goleiro)

Herói da Inter, Éder Paulista poderia ter sido herói no Cianorte FC

Eder Paulista , atacante com passagem pelo Cianorte FC , onde pouco fez por não ter a oportunidade merecida , oportunidade que teve na Inter de Limeira quando no dia 14 de maio , a emoção tomou conta dos mais de 8 mil presentes no Limeirão assim que o árbitro Thiago Duarte Peixoto apitou o fim da vitória da Inter de Limeira por 2 a 1 sobre o Monte Azul. 

O tão sonhado acesso à Série A2 estava consumado. Graças a alguém que por muito pouco não esteve ali. Herói do Leão com os dois gols da virada no jogo decisivo, o atacante Éder Paulista teve a participação ameaçada na competição ao sofrer uma grave lesão logo no início da campanha. 

Por tudo o que passou, era um dos mais eufóricos, a ponto de até esquecer como foram seus gols. - Só Deus sabe o que eu passei. Os médicos falavam que eu só voltaria depois de três meses. Mas eu falei que iria me recuperar rapidamente e decidir para a equipe. 

A emoção está muito grande, não sei nem dizer como foram os gols.