Pular para o conteúdo principal

Especulado no Tricolor, técnico Paulo Autuori se desliga de time japonês


Um dos cotados para assumir o São Paulo, o treinador Paulo Autuori deixou seu cargo no Cerezo Osaka, time da segunda divisão japonesa. Ele estava no clube desde janeiro e interrompe o trabalho em um momento no mínimo inesperado. 

 Apesar de a equipe ter vencido apenas uma das últimas nove partidas, a saída de Autuori cria certa estranheza pelo momento do campeonato. O Cerezo Osaka está garantido no mata-mata que define acesso à J-League, e falta apenas uma rodada para o final da primeira fase. 

 Desta forma, o preparador físico Kiyoshi Okuma terá poucos dias para ajustar o Cerezo Osaka antes dos jogos mais importantes do ano para o time. Já Paulo Autuori fica livre para ouvir propostas do mercado, que neste ano foi bastante aquecido no Brasil. As últimas passagens do treinador por clubes nacionais não foram tão bem sucedidas, mas ele ainda goza de prestígio por conquistas históricas. Entre outros títulos, Paulo Autuori venceu a Copa Libertadores com o Cruzeiro, em 1997, e depois com o São Paulo, em 2005, ano que ainda lhe rendeu o título mundial com o Tricolor.
Resultado de imagem para footstats logo

Postagens mais visitadas deste blog

Brasileirão Série A - Confira os jogos de hoje e amanhã

Brasileirão Série A - Confira os jogos em andamento

O time do Alto da Bica - A foto que virou saudade

O time do Alto da Bica surgiu, consultando minha memória, ali pelos anos 90 e pouco, coincidindo com o início da era Parmalat. Isso talvez explique os meninos - que acompanham os craques - tão bem vestidos. A sede fica na margem da rodovia Cianorte – São Tomé, logo após o ribeirão São Tomé, num trecho conhecido como Bica, por isso o nome: Alto da Bica.

Frequentado por cianortenses ilustres congrega em sua maioria os palmeirenses - também consultando minha memória, e o Avanti -. Nesta foto, em 98, vemos o elenco pronto para mais uma vitória; vou fazer a escalação e pedir mil perdões se errar o nome de alguém, pois embora conhecendo pela fisionomia posso me confundir na denominação. De pé, da esquerda para a direita: Miguel Deneka, Flávio Vieira, Cometa, Gaúcho, Jácomo e Zezé; agachados, na mesma ordem: Antônio Rogério, Maurício, Nilo, Deíca e Spagola...

Por Marco Antônio de Paula Franco