Pular para o conteúdo principal

Cruzeiro cede empate ao Palmeiras

A abertura da 36ª rodada do Campeonato Brasileiro foi boa para os times que lutam pelo G-4. Neste sábado (21), o Cruzeiro empatou em 1 a 1 com Palmeiras na Allianz Parque e perdeu uma grande chance de encostar no São Paulo, quarto colocado.
Atuando praticamente com o time reserva e pensando na final da Copa do Brasil – na quarta-feira (25) encara o Santos na Vila Belmiro –, o Palmeiras foi dominado pelo Cruzeiro no primeiro tempo. A Raposa já tinha desperdiçado algumas oportunidades até Marcos Vinícius abrir o placar aos 20 minutos. O meia recebeu na área, limpou a marcação e chutou forte.
No segundo tempo, quando Gabriel Jesus e Lucas Barrios entraram em campo, o Palmeiras melhorou. De cabeça, o paraguaio deixou tudo igual aos 25 minutos. O gol esfriou o time do Cruzeiro, que perdeu o domínio da partida.
A Raposa está na sétima posição, com 52 pontos, quatro a menos que o São Paulo. O Palmeiras, por sua vez, é o nono colocado, com 50 pontos.
21/11/2015 às 21:18 | Assessoria CBF

Postagens mais visitadas deste blog

Brasileirão Série A - Confira os jogos de hoje e amanhã

Brasileirão Série A - Confira os jogos em andamento

Herói da Inter, Éder Paulista poderia ter sido herói no Cianorte FC

Eder Paulista , atacante com passagem pelo Cianorte FC , onde pouco fez por não ter a oportunidade merecida , oportunidade que teve na Inter de Limeira quando no dia 14 de maio , a emoção tomou conta dos mais de 8 mil presentes no Limeirão assim que o árbitro Thiago Duarte Peixoto apitou o fim da vitória da Inter de Limeira por 2 a 1 sobre o Monte Azul. 

O tão sonhado acesso à Série A2 estava consumado. Graças a alguém que por muito pouco não esteve ali. Herói do Leão com os dois gols da virada no jogo decisivo, o atacante Éder Paulista teve a participação ameaçada na competição ao sofrer uma grave lesão logo no início da campanha. 

Por tudo o que passou, era um dos mais eufóricos, a ponto de até esquecer como foram seus gols. - Só Deus sabe o que eu passei. Os médicos falavam que eu só voltaria depois de três meses. Mas eu falei que iria me recuperar rapidamente e decidir para a equipe. 

A emoção está muito grande, não sei nem dizer como foram os gols.